Blog

GERENCIAMENTO: Por que pequenos empresários do ramo de vestuário estão sem dinheiro?

O ramo de vestuário enfrenta dificuldades diante do atual cenário econômico do Brasil. Uma pesquisa mostrou que a maioria das lojas fecham as portas antes mesmo do segundo ano de existência.

O motivo que leva os pequenos empresários a fecharem as portas são, muitas vezes, a falta de planejamento, gerenciamento e ferramentas adequadas.

Mas será que você sabe realmente quais são os fatores que contribuem para o sucesso de uma empresa?

Está pensando em abrir uma empresa ou já abriu e está trabalhando para o negócio dar certo? Então confira as dicas que podem ajudar e muito no crescimento e fortalecimento de uma empresa.

1 – Tenha conhecimento em gestão

O principal passo para que o negócio dê certo é saber empreender. Antes de abrir uma empresa, adquira total conhecimento sobre seu mercado, conheça bem as dificuldades do empreendedorismo e gestão de negócios.

Antes de investir em publicidade e propaganda, aprenda a planejar e estruturar seu negócio. Faça uma pesquisa de mercado, saiba onde o seu público está, depois será possível investir focado nos objetivos da empresa.

Muitas lojas são fechadas no Brasil porque os gastos eram maiores que os lucros. Isso demonstra claramente falta de conhecimento em finanças e o motivo desse descontrole é a falta de planejamento e gestão.

Navegue pelo conteúdo:

2 – Contrate profissionais qualificados

Evite contratar pessoas só pela boa aparência e um sorriso bonito, lembre-se que você está em busca de bons profissionais e não de modelos. Desconfie de currículos invejáveis, pois pessoas bem qualificadas, dificilmente estão desempregadas.

A maioria das empresas contratam pela capacidade técnica, mas as demitem por questões comportamentais. Privilegie as pessoas de melhor comportamento, pois a parte técnica e operacional é mais fácil lidar.

Analise muito bem a contratação de parentes, pois se o parente contratado for uma pessoa apta para o seu negócio, você estará no lucro; mas se não for, você corre o risco de estar investindo em dores de cabeça no futuro e possíveis e indesejáveis problemas familiares.

Uma equipe qualificada ajuda o negócio a prosperar, por isso, opte por pessoas que estejam dispostos a vestir a camisa da empresa e dê a elas condições de crescimento.

3 – Invista em Marketing estratégico

O marketing estratégico eficaz é aquele que converte propaganda em lucros. O objetivo é atrair e fidelizar clientes!

Atualmente uma das ferramentas mais importantes de comunicação e que traz bons resultados é o Marketing Digital.

Esteja presente nas redes sociais, faça vídeos demonstrativos (se tiver vergonha, chegou a hora de deixá-la de lado), demonstre os benefícios de seu produto ou serviço e crie vínculos mais fortes com seus clientes.

Faça anúncios no Google e nas redes sociais, realize promoções e invista em programas de fidelidade. Caso não tenha conhecimento para utilizar essas ferramentas, peça ajuda a uma agência de publicidade.

Hoje as pessoas buscam referências na internet e um senso de pertencimento e é lá que seu negócio deve estar.

4 –  Defina preços adequados

Você tem que ser a pessoa que mais conhece seu cliente e o quanto são sensíveis a seu preço.

Em situações de concorrências acirradas e baixas margens de lucro, tente se diferenciar oferecendo valor a seu produto, demonstrando seus benefícios, um atendimento diferenciado que possivelmente conseguirá uma margem melhor e consequentemente aumentar seu ticket médio.

Essa mesma regra pode ser aplicada a seus produtos de maior margem, em ambos os casos, fique atento às quantidades de descontos que venha aplicando, pode ser que seu concorrente está tendo um preço melhor ou você não esteja oferendo um ‘valor‘ complementar que fará que seu cliente escolha você não por preço, mas por afinidade e atendimento único.

5 – Invista em ferramentas tecnológicas

Por último, e não menos importante, invista em ferramentas de gestão. Atualmente as empresas estão lidando com muitos números, regras, obrigações legais e isso não pode ficar só em um arquivo de computador ou em uma “agendinha” no fundo da gaveta.

Cada vez mais as exigências fiscais do governo estão aumentando, cruzamento de informações de notas fiscais de fornecedores e consumidores cada vez mais exigentes. A concorrência não está parada e você não pode ficar estagnado com o pensamento “sempre trabalhei assim e não preciso mudar”.

A tecnologia está cada vez mais integrada e popular, seus custos estão cada vez menores. Pesquise, existem um mundo de possibilidades que seus custos que cabem no seu bolso e não seja pego desprevenido com alguma exigência fiscal ou descobrir que seu lucro não seja como imaginava.

Gerencie de forma adequada, utilize um sistema ERP de gestão e centralize todas as informações de sua empresa em um único lugar.
Utilizando sistema de gestão empresarial é possível emitir documentos fiscais, gerar boletos, controlar estoque, manter finanças em dia, comprar com segurança, maior facilidade em gerenciar clientes e suas compras a prazo e várias outras funções.

Um sistema apropriado, pode ajudar você a colocar as coisas em ordem e, assim, vender mais e com redução de custos. Todo esse processo reflete diretamente na sua lucratividade.

O Commerce Master possui essas e outras funcionalidades. Quer saber mais de como podemos ajudar sua empresa? Fale com um de nossos especialistas!

Escrever um comentário