Blog

Frente de Caixa e E-commerce: Integração que ajuda a vender mais

A integração entre frente de caixa e e-commerce é essencial para que o cliente tenha um atendimento diferenciado.

Atuar com lojas físicas e virtuais só trazem vantagens para a empresa, principalmente por conta da automatização de processos.

Na hora de contratar uma plataforma de vendas é preciso ter o máximo de atenção, pois pode ocorrer que a operação não tenha todas as funções necessárias para atender a essa junção. Afinal, não faz sentido atuar de forma descentralizada, deixando de aproveitar as oportunidades de negócios geradas pelos diversos canais.

Confira as dicas que preparamos para você garantir o sucesso dessa integração!

A importância da tecnologia omnichannel

Não é difícil perceber que nossa rotina integra de forma natural as ferramentas online com as necessidades offline. Isso faz parte do dia a dia do consumidor 3.0, que procura interagir com empresas que conseguem eliminar barreiras entre o mundo físico e virtual.

Você já deve ter ouvido falar sobre o comportamento omnichannel do consumidor. Isso quer dizer que os clientes hoje não diferenciam os ambientes on e offline.

Na verdade, o omnichannel é uma evolução de um conceito que já estava presente no mercado — o multicanal. Podemos dizer que a multicanalidade foi uma espécie de embrião na tentativa de oferecer ao consumidor o acesso à empresa por diversos (multi) canais de compra: sites, lojas físicas, aplicativos etc.

Baseado nisso, a ideia é oferecer ao consumidor o melhor canal de compras, assim a pessoa interage com as marcar de sua preferência. Não apenas na hora da compra, mas outras possíveis interações também podem ser estabelecidas.

Atenção: mais do que ter uma estratégia multicanal, o que está por trás desse conceito é a possibilidade de usar todos os canais para favorecer a conversão da loja.

Um ótimo exemplo de omnichannel pode ser encontrado na logística, quando na hora da compra o cliente pode escolher entre retirada na loja física ou via entrega.

Isso no passado seria considera impossível para administrar, mas, com a evolução da tecnologia uma operação desse tipo pode ser viabilizada sem maiores dificuldades.

Ainda sob a perspectiva da omnicanalidade, a integração da frente de caixa com o e-commerce também representa ganhos enormes na qualidade do atendimento prestado ao cliente.

Tenha mais conhecimento sobre o cliente

Conhecer sobre o cliente é outro benefício importante da integração das operações. A ideia é que a loja possa aproveitar o contato com o consumidor nas plataformas digitais para entender melhor o comportamento de compra do seu público.

Frente de caixa e e-commerce integrados: comunicação mais assertiva

Além de conectar com vários clientes e obter inúmeras informações, existem outras vantagens na integração da frente de caixa e o e-commerce.

A maioria das empresas que possuem e-commerce e frente de caixa integrado, tendem a ter melhores resultados na área de comunicação.

Isso se deve ao fato de que a loja cria inúmeros canais para se comunicar com seu público, além da facilidade de acesso aos dados.

Os dados extraídos do e-commerce podem ser utilizados para melhorar as experiências oferecidas na loja física. O contrário também funciona, como por exemplo, promoções que acontecem no local, podem ser estendidas ao ambiente online.

Em ambos os casos, o principal diferencial é estratégias de retargeting. Mirar em pessoas que já demonstraram interesse em seu produto, com isso a chance de conversão é ainda maior.

O “segredo”, no caso, é conferir um tratamento integrado ao cliente. Assim como o consumidor não diferenciada as vendas on e offline, a loja precisa adotar o mesmo conceito.

Navegue pelo conteúdo

M-Commerce: aparelhos mobile geram aumento nas vendas online

Conheça o aplicativo do WooCommerce para Android e iOS

Infográfico: 8 PASSOS PARA MONTAR UM E-COMMERCE DE SUCESSO

PDV: Entenda tudo sobre a frente de caixa

A relevância da automatização

A sistematização do processo de vendas é o principal meio para que esses resultados sejam efetivos. As soluções tecnológicas funcionam justamente para aprimorar a gestão do negócio.

É importante lembrar que os canais on e offline são acrescentam um ao outro e não são concorrentes. Aprender a extrair o melhor de cada frente do negócio é que vai permitir que a marca possa evoluir, alcançar escala.

Gostou do artigo? Se ainda tem dúvidas sobre o que precisa ser feito para entrar no comércio eletrônico, entre em contato com nossa equipe.  

Escrever um comentário