Blog

Operação de Delivery: check-list para quem quer começar a realizar entregas

Iniciar a operação de delivery em seu bar, restaurante ou pizzaria, pode se tornar uma tarefa simples, se houver um planejamento correto e bem definido.

A maioria dos estabelecimentos possuem a operação de delivery, principalmente as pizzarias e restaurantes. Mas, para iniciar esse tipo de serviço, são necessárias algumas orientações. Pode ter certeza de que não vale a pena mergulhar de cabeça na atividade sem um planejamento completo.

Se você agir por impulso, pode acabar se afundando em prejuízos financeiros. Sua imagem frente aos clientes também pode se prejudicar. Muitas vezes, esse quadro se torna irreversível.

Para te ajudar, criamos um guia com algumas dicas para iniciar a operação de delivery.

1) Mudanças da cozinha

Para iniciar o processo de delivery, são necessárias algumas mudanças, pois o seu restaurante ou pizzaria sofrerá um aumento na demanda e sua cozinha deve estar preparada.

Antes de tudo, saiba se sua cozinha ou funcionário estão aptos a produzir mais. Se esse for um problema, é importante ficar atento.

Faça todas as mudanças necessárias antes de continuar a instalação do seu delivery. Assim, você não corre o risco de ficar sobrecarregado e perder em qualidade.

2) Analisando a equipe

Outro fator importante para verificar na hora de montar o delivery é a equipe.

Analisando a equipe, é possível entender se seu estabelecimento está preparado para o aumento de trabalho.

Aqui, você olhará para a capacidade da equipe fora da cozinha. Afinal, você já terá checado a organização da cozinha nessa etapa.

Quantos caixas você possui? Quantas pessoas podem atender os pedidos no delivery? Quantas pessoas podem conferir se a entrega está correta? Tudo isso deve ser levado em consideração.

3) Pesquisas de demanda

Agora que você já verificou a sua cozinha e sua equipe, está na hora de começar a pesquisar.

Seu estabelecimento tem demanda para delivery? Para saber se existe essa demanda, é necessário realizar uma pesquisa.

Uma pesquisa de demanda requer atenção e dedicação. Você deve estudar diversos aspectos do campo de atuação. Observe a seguir:

  • Estudo de área: como são os arredores do seu restaurante? Você está localizado em uma área residencial? Se a resposta for positiva, você já tem mais uma razão para investir em delivery. Se você estiver em uma área comercial, estude as áreas residenciais mais próximas.
  • Perfil do consumidor: é necessário traçar um perfil do consumidor que consome em seu restaurante. Dessa maneira, você saberá como vender a ideia do delivery. Note que o consumo de famílias é diferente do consumo de trabalhadores solteiros. É importante moldar o serviço de acordo com essas demandas.

Basicamente, são esses os elementos de destaque em termos de pesquisa. Para começar uma operação de delivery, não se esqueça de extrair o máximo de dados dos estudos acima.

4) Estudo da concorrência

O estudo da concorrência é uma das partes mais importantes. Ela é uma parte ativa do seu negócio, que pode inclusive gerar prejuízos para você. Por sorte, estudar a concorrência não é difícil.

Você deve observar os seguintes fatores: tipo de produto oferecido, preço dos pratos, campo de atuação, alcance do delivery, perfil do consumidor e qualidade dos produtos.

Foque nos serviços similares ao seu, que tenham delivery. Se você tem um delivery de comida japonesa, não tem necessidade de perder tempo conhecendo detalhes dos restaurantes que vendem pizza.

Isso já é um ponto excelente para poder medir o impacto de suas ações no mercado. Você também entenderá um pouco melhor como será a recepção do serviço pelo público, e poderá se preparar para possíveis momentos de instabilidade.

5) Organizando as embalagens

Você está preparado para transportar seu produto?

É importante tomar cuidado com as embalagens. A entrega do alimento deve ser feita em embalagens individuais e resistentes. É preciso, também, manter a temperatura do prato.

Todos detestam receber comida em casa em embalagens amassadas. É pior ainda quando o prato vem frio ou danificado, não é mesmo? Esses são pontos de atenção.

Observe que as embalagens podem mudar dependendo do tipo de comida. Se você possui um restaurante de comida japonesa, deve reforçar a resistência de temakis, por exemplo. Eles são frágeis e podem se quebrar no caminho.

6) Contratação de motoboys

Chegou a hora de contratar a pessoa que vai levar seu produto ao cliente, isso exige muita atenção. O profissional deve ser de confiança.

Muito importante levar em consideração e ter um contato direto para um substituto, caso ele não possa trabalhar por qualquer motivo. Isso é essencial e básico na preparação de um delivery completo.

Existem empresas terceirizadas que cuidam exclusivamente de motoboy. Essa pode ser uma boa opção para quem está começando e não quer gerenciar outro funcionário.

De fato, é mais fácil implementar o delivery sem precisar gerenciar todos os aspectos da entrega, então pesquise sobre o serviço para ver se te agrada a opção.

7) Rota de circulação

Agora que você já fez todas as pesquisas e preparou a sua equipe, é hora de começar a agir. Antes de colocar o time de entregar para trabalhar, crie e forneça aos funcionários uma rota de circulação das entregas.

Realmente, não vale a pena entregar em regiões muito distantes. Com a ajuda das pesquisas de área, a determinação dos limites de entrega se tornam mais simples.

8) Utilize a tecnologia

Utilizar um sistema para realizar o cadastro dos clientes, controlar as entregas e o fluxo de atividades da cozinha, pode ser essencial para evitar retrabalho.

Conheça o CM-Gourmet, um sistema completo para bares, restaurantes, pizzarias e afins. Com esse sistema fica mais fácil controlar todos os pedidos de seu estabelecimento, além do estoque, emissão de documentos fiscais e muito mais!

Com esses itens, você está pronto para começar sua operação de delivery! Tem alguma dúvida? Comente abaixo, queremos te ajudar a melhorar os seus serviços.

Navegue pelos conteúdos:

Escrever um comentário