Blog

google

Google Shopping Action: Google lança nova plataforma marketplace

A nova plataforma do Google promete adquirir mais espaço no e-commerce. Com Google Shopping Actions será possível realizar a compra e a venda de produtos sem a necessidade de ser redirecionado para uma loja virtual.

O Google Shopping já existe, e para quem não conhece, a ideia da plataforma é exibir produtos relevantes à consulta do usuário, juntamente com lojas que os oferecem, fotos do produto e por fim reviews de usuários sobre aquele determinado produto. 

Porém, com a nova plataforma que recebe o nome de Google Shopping Actions, o usuário poderá realizar todo o processo de forma mais rápida, versátil e com menos burocracias.

Como o Google Shopping Actions vai funcionar?

O Shopping Actions será responsável por todo o processo de pagamento, enquanto o varejista ficará responsável apenas pela logística do produto. O Google cobrará uma pequena comissão por venda realizada, será um valor menor do que o cobrado pela Amazon.

A plataforma vem para trazer mais comodidade e versatilidade para os usuários, por ela trabalhará de forma integrada com os já conhecidos Google Assistant e Google Home, permitindo que o usuário realize buscas tanto por voz, quanto por texto e adicione produtos de empresas diferentes em um único carrinho de compras.

Pensando nas compras via mobile, a plataforma visa melhorar a experiência de compras dos usuários, já que em sua maioria utilizam os dispositivos móveis.

Quando será lançado a nova plataforma?

Certamente logo, mas em fase de testes, a nova plataforma da Google irá apenas para grandes empresas por enquanto, como:

  • Auchan;
  • Boulanger;
  • Carrefour;
  • Fnac Dart.

Além disso, a revista LSA nos revelou que o Shopping Actions será lançado na França no início de 2019.

O país é considerado o sexto maior comércio eletrônico do mundo e a expectativa é de que o varejo online movimente 93 bilhões de euros até o final de 2018.

Briga entre gigantes: Shopping Actions x Amazon

A varejista online americana Amazon ficou em primeiro lugar no ranking das empresas mais inovadoras do mundo.  Além do comércio eletrônico, ela desenvolveu também uma base gigantesca de serviços baseados em computação em nuvem, tendo negócios com grandes empresas e universidades.

O que pode ajudar esta nova plataforma do Google a ganhar espaço, são as altas taxas impostas pela Amazon às empresas varejistas que anunciam no seu e-commerce.

O Google sabe que se quiser realmente competir de igual para igual com a Amazon, no ramo de e-commerce, ele terá que entregar ao usuário uma experiência muito melhor das que ele já possui.

Certamente, ele sabe que precisará trabalhar fortemente com vendedores terceirizados.

Pensando nisso, o Google Shopping Actions virá com uma série de novos recursos para compra e venda de comércio eletrônico. Além dos já conhecidos, Google Express, Google Shopping e Local Ads.

 Agora, só nos resta esperar essa novidade!

Escrever um comentário